terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Queijo Coalho Frescal

Eu adoro um queijo de Minas frescal. Quando vou às Minas Gerais me acabo de tanto comer este queijo. Como é muito difícil achá-lo realmente fresco, resolvi pedir à minha querida tia Lila para me ensinar como fazer! E para minha surpresa, não é que é facin, facin, como dizem os mineiros? Bom, tem que ter muito leite. Este aí levou 10 litros!!! E também precisa ser um leite de origem conhecida para que você saiba que o leite é limpo, muito limpo, pois não pode ser fervido!!!


Bom, vamos ao preparo: coloque os 10 litros em uma panela grande e adicione 8,5ml de coagulante dissolvidos em meia xícara de água mineral ou fervida. Eu usei o coagulante HA-LA. Deixe descansar por uma hora ou até que você veja que o leite está coagulado. Se o tempo estiver frio vai levar mais tempo para coagular.





 Depois que o leite estiver coagulado, pegue uma faca grande e faça cortes de uns 3cm de largura em sentido horizontal e também no vertical, formando quadradinhos.



Coloque uma peneira bem grande sobre uma outra panela e cubra com um pano bem limpo, tipo fralda, para que você possa coar o leite coagulado, separando a massa do soro.





 Deixe escorrer um pouco. Pegue a forma de fazer queijo e despeje a massa na forma. Aperte suavemente com uma colher para acertar a superfície do queijo. Coloque um pouco de sal por cima e deixe escorrer. O restante do soro irá escorrer pelos furinhos que tem no fundo da forma. Depois de umas cinco horas ou no outro dia, vire o queijo, ou seja, retire-o da forma, vire-o e coloque na forma novamente. Se o tempo estiver muito quente é melhor deixá-lo escorrendo dentro da geladeira, pois pode azedar se estiver muito calor. No outro dia, tire-o da forma e conserve-o na geladeira.




Eu gosto de comer ainda fresquinho, logo no outro dia, mas se você preferir pode deixá-lo secando mais algumas horas, ou mais um dia.
Adoro comê-lo puro, acompanhado de um cafezinho fresco, mas também pode ser servido com doces, ou se estiver curado, pode ser frito ou assado, o que também é uma delícia! 


Estes doces aí, são doce de laranja, doce de banana, doce de leite de corte e cremoso. Todos acompanham muito bem um quejinho coalho! Bom apetite!!

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Bolo de Arroz


Gente, vou colocar aqui a receita da minha tia Lili e logo que eu conseguir uma receita mais exata, posto aqui novamente.  Ela sempre faz as receitas no "olhometro"! Com seus 90 anos, sempre fez assim e não é agora que ela vai mudar, né? Então, vou tentar explicar da melhor forma possível.

Bolo de Arroz ( com açúcar)

Ingredientes:
1 litro de fubá de arroz
1 xícara de chá de banha derretida
açúcar a gosto ( faça uma calda de açúcar)
sal
2 colheres de sobremesa de fermento p/ pão

Modo de fazer:
Escalde a fubá com um pouco de água fervente (fica em ponto de uma massa beeeeem grossa). Adicione a banha, misture bem e vá adicionando a calda de açúcar aos poucos até ficar em consistência de pirão mole. Adicione o sal. Por fim adicione o fermento e deixe descansar até borbulhar. Coloque em formas forradas com folhas de bananeira e leve ao forno quente (180º).

Bom apetite!!

Quem fizer, me mande fotos e diga como ficou! Se alguém tiver outra receita, me enviei, que postarei aqui. Assim poderemos, depois de algum tempo, ver qual é a melhor receita!